segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Chile-Parte II

Pois então, galera ignara e néscia, eis aí o exemplo.
Estudante de Geografia, comunista, inteligente, líder estudantil.
Incrível como protestam em nossa terra por causa do Prouni colocar estudantes pobres nas universidades, por causa das cotas para negros e índios. Dizem ser privilégios.Mas o privilégio das classes ricas estudando nas Federais com nossos impostos a pagar pra eles, não é privilégio, é mérito. Tá bom, cara pálida.
Enquanto isso, na Sala da Justiça, o Chile briga para ter Educação Superior Gratuita.Nos EUA, terra das oportunidades, o cabra termina a faculdade já com uma dívida estupidamente grande, que lhe consumirá o sono e os melhores anos da juventude pra pagar.
Mirem, garotos, cujo sonho é trabalhar na firma, ou prestar concursinho na prefeitura, e que estão acostumados só a ver paniquetes com o corpo de estivador e cérebro de codorna.
Existem mulheres lindas e inteligentes, mas você não tem chance, garotão, porque não lê nem bula de remédio.
Talvez essas fotos sejam um sério estímulo para se ler "O Capital". Ou qualquer outro livro, néscio e ignaro mancebo.
Enquanto isso não acontece, veja com os "Zóio" e lamba com a testa.

7 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. humm, devo ler o capital para traçar uma intelctual, mas que coisa mais, mais, capitalista...

    ResponderExcluir
  3. eu apaguei o primeiro post porque escrevi 'um intelctual' ao ivés de uma intelectual...eh eh eh


    contradiz caetano veloso em ELEGIA: "deixe que minha adentre, embaixao, em cima entre, minha améirca...feita para iletrados a mulher se enfeita, mas ela é um livro místico e somente alguns é que tal graça se consente, é dado lê-la..."

    aida bem que vc não quer nabo, isso é bom, agora vc tem uma filha..eh eh eh

    porra, é pra dá polêmica...bjos

    ResponderExcluir
  4. conheci um amigo seu, de cachoeira, paulo, faz direito, disse que vcs já tomaram porres imensos, pergumntei se ele era o paulinho mercury e ele disse que não. 'sai fora', completou. eh ehe he

    mandou-lhe abraçoss

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Caro autor, percebo que tu és um grande admirador dessa galera alienada, desprovida de massa cinzenta...
    Realmente, são exemplos de vida, nem são letrados e conquistam com o suor seus dignos salários, os quais usam pra comprarem seus fuscas... e ainda trabalham muito pra pôr um som potente... pra curtir um funkarioca, sem se preocupar com política ou outras coisas banais...aliás, estão pagando o bolsa família, ação jovem e muito mais; tudo em dia!
    Esses sim são os intelectuais...
    Vamos brindar os heróis da decadência!!!

    ResponderExcluir